Para Efraim setor de comércio e serviços aposta em um novo Brasil

O presidente da Frente Parlamentar em Defesa do Comércio e Serviços, deputado Efraim Filho (DEM/PB), ressaltou a importância do setor de bares e restaurantes e da Abrasel para o desenvolvimento social e econômico no Brasil, na abertura do 30º Congresso Nacional da entidade.

“Mesmo no momento em que o país estava na maior crise econômica, o setor reagiu e mostrou que estes empreendedores são heróis, por não desistirem jamais de contribuir com o país ampliando a qualidade de vida muita gente”.

Efraim Filho lembrou ainda conquistas recentes e relevantes da Frente e da UNECS, como a  lei da gorjeta, o cadastro positivo, aprovado esta semana. Para o deputado, a importância de aprovar essa lei está na implementação de uma política de crédito duradoura e inclusiva que nunca houve no país. “Tudo que foi dito, debatido, vai reverberar tal qual uma pedra jogada em um lago, produzindo ondas até chegar à margem”. Disse.

Hoje, a instituição possui representação em todos os estados brasileiros e no Distrito Federal, somando 47 seccionais e regionais e contando com 800 líderes e executivos que cuidam de quase 6 mil associados.

A abertura do evento, nesta terça-feira (14), estiveram presentes várias autoridades, líderes empresariais e da gastronomia e jornalistas. Estiverem presente: Rodrigo Rollemberg, governador do Distrito Federal; Vinicius Lummertz, ministro do Turismo; Guilherme Afif Domingos, presidente do Sebrae; Paulo Solmucci Jr, presidente executivo da Abrasel; Paulo Nonaka, presidente do Conselho de Administração Nacional Abrasel; entre outros nomes relacionados ao setor e a diferentes órgãos de governo.

Ao finalizar sua fala Efraim Filho foi aplaudido e para o presidente da Abrasel, Paulo Solmucci ressaltou a importância da parceria com a frente parlamentar para o debate. Está sendo discutido na Câmara dos Deputados as questões tributárias para micro, pequenas e médias empresas ligadas ao comércio e serviços.

Na avaliação de Efraim Filho o setor passa por um dos períodos mais desafiadores da história, “mas está com uma visão clara do seu papel, do protagonismo das ações necessárias para impulsionar o Brasil Novo que tanto queremos”. Finalizou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *