Efraim espera autonomia para coligação do DEM regional

O deputado Efraim Filho (DEM/PB) participa, logo mais às 18 horas, de reunião da executiva nacional do partido em Brasília. Entre os pontos de discussão estão às coligações regionais e o futuro da pré-candidatura ao Planalto. “Vamos discutir o cenário nacional e a repercussão nos estados de possível apoio a candidato para presidência da república”. Declarou

Na ocasião, Efraim apresentará as possibilidades de coligações nos estados, como também, solicitar autonomia para que a legenda possa compor na Paraíba com o PSB, sem ter a obrigação de fechar aliança com os partidos do chamado “Centrão”, bloco ao qual o DEM faz parte nacionalmente.

“Vamos participar da reunião convocada pelo presidente da legenda, o prefeito de Salvador – ACM Neto. Eu espero que não haja a verticalização, para a gente manter a autonomia que o partido sempre teve no Estado. Nossa expectativa e a de manter aliança com o PSB, indicando o ex-senador Efraim Filho como vice-governador”, disse.

Efraim Filho espera ter autonomia e liberdade para definir coligação independente da aliança nacional, que veio de última hora e não seria a interessante verticalizar para todos os estados, que é o caso da Paraíba.

Foco

Para Efraim, o foco da legenda é ocupar, através do ex-senador Efraim Morais, o cargo de vice-governador na chapa majoritária de João Azevêdo (PSB).

Convenções:

De acordo com o deputado Efraim as coligações só vão ser definidas no último momento. O prazo para escolha dos candidatos pelos partidos e a deliberação sobre as coligações têm até o dia 5 de agosto.

“A resolução determina que os partidos políticos e as coligações solicitem aos Tribunais Eleitorais o registro dos candidatos até 19 horas do dia 15 de agosto. Estamos seguros de que o melhor para a Paraíba será feito.” Afirmou Efraim.

Ainda de acordo com o parlamentar a reunião de hoje vai definir as diretrizes que o partido adotará para eleições de 2018.

A convenção nacional do Democratas está prevista para o dia 5 de agosto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *