Efraim vê PT sem força para barganhar vaga e diz que único prefeito na PB é oposição ao PSB

O deputado federal Efraim Filho (DEM/PB), filho do presidente do Democratas na Paraíba, Efraim Morais, comentou nesta quinta-feira (21) sobre as exigências e vetos que o PT tem levantado nos últimos dias para fechar aliança com o PSB e os partidos da aliança governista – ao qual o Democratas se inclui. Lideranças do PT tem se queixado da presença de “golpistas” na chapa e ameaçando apoiar o PDT da vice-governadora Lígia Feliciano.

Para Efraim, o PT não tem poder de barganha para impor vetos, uma vez que tem apenas um prefeito na Paraíba e o mesmo faz oposição ao governador Ricardo Coutinho (PSB).

“O Democratas tem envergadura para somar e apoiar. Não é só compor. O Democratas, por exemplo, tem 20 prefeitos na Paraíba. O PT tem apenas um e ainda é oposição a Ricardo”, disparou.

Sobre as críticas feitas pelo PT à presença de políticos que votaram a favor do impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff (PT), Efraim lembrou que o partido fechou aliança em outros estados com nomes que foram a favor do impedimento de Dilma, portanto, o discurso do partido na Paraíba é “isolacionista” e “extremista”.

“Isso é o argumento da velha política, do isolacionismo, do extremismo, coisa que ficou para trás e não resiste ao primeiro argumento. É só olhar para os lados: você vê o PT aliado a Renan Calheiros em Alagoas e vê o PT aliado com Eunício Oliveira no Ceará”, lembrou.

Texto de Feliphe Rojas jornalista do Portal Paraíba Já sobre a entrevista do deputado Efraim Filho  ao programa Correio Debate, veiculado pela Rádio Correio FM – no 21 de junho de 2018 às 15:000

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *